Número oficial de mortos pelo supertufão sobe a 5.209 nas Filipinas

Tempestade tornou-se o mais grave desastre natural do arquipélago.
Expectativa é que número de mortos aumente na cidade de Tacloban.

O número de mortes provocadas pelo supertufão Haiyan, que atingiu as Filipinas duas semanas atrás, subiu para mais de 5.200, informou nesta sexta-feira (22) a Agência Nacional de Desastre, o que faz oficialmente da tempestade o pior desastre natural na história do país.

O tufão, um dos mais fortes já registrados em todos os tempos, provocou mais mortes e destruição do que uma tempestade em 1991 que matou 5.101 pessoas em Ormoc, na mesma província de Leyte que foi devastada pelo Haiyan. O número exato de mortes divulgado nesta sexta-feira é 5.209.

Eduardo del Rosario, diretor-executivo do Conselho Nacional de Redução de Risco e Gerenciamento de Desastre, disse que cerca de 23.500 pessoas ficaram feridas e mais de 1.600 ainda estão desaparecidas devido ao tufão, que também deixou mais de 4 milhões de desabrigados.

Os danos a plantações e a infraestrutura foram avaliados em 12 bilhões de pesos (US$ 274 milhões).

A maioria das vítimas morreu afogada ou atingida pelo desabamento de estrutura e de árvores.

Segundo as autoridades, o número de mortos ainda deve subir, já que apenas 52% da cidade de Tacloban teve os escombros retirados.

 

Publicado por terreirorocadeobalue

Pai José filho de Obaluaê, nasceu na Bahia em 08/03/1935 e hoje esta com 76 anos sendo 69 deles de feitura no Santo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: