Móveis nas ruas e casas desabadas: Rio tem “cenário de guerra” um dia após temporal

Chuva forte deixou ao menos três mortos e mais de 4.000 sem teto

AnteriorO Rio de Janeiro amanheceu com as marcas do temporal que
atingiu o Estado na noite de terça-feira (10) e se estendeu ao longo de quarta
(11). Na Baixada Fluminense, uma das regiões mais afetadas pela chuva, a manhã
desta quinta (12) foi de contabilizar os estragos e limpar das salas, quartos e
cozinhas a lama que invadiu as casas. Em Austin, bairro de Nova Iguaçu que
sofreu as maiores consequências móveis e lixos foram parar no meio da rua e
ribanceiras deslizaram. Três corpos foram achados, dois na baixada e um no norte do EstadoPróxima

AnteriorCasas desabaram em vila de Nova Iguaçu e famílias ficaram desabrigadas. Leia maisPróxima 

AnteriorUma ponte em Nova Iguaçu ficou destruídaPróxima 

AnteriorEm Queimados (baixada), casas localizadas em pé de encosta correm riscoPróxima 

Publicado por terreirorocadeobalue

Pai José filho de Obaluaê, nasceu na Bahia em 08/03/1935 e hoje esta com 76 anos sendo 69 deles de feitura no Santo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: