Nota

Furacão ‘Sandy’ ganha força ao se aproximar da costa nordeste dos  EUA

Washington, 29 out (EFE).- O furacão ‘Sandy’, que se localiza a cerca de 615 quilômetros do sudeste da cidade de Nova York, segue ganhando força e deve causar uma ressaca ciclônica junto a fortes ventos, informou o governo dos Estados Unidos nesta segunda-feira

O centro do furacão de categoria 1 fica na latitude 35,9 norte e 70,5 oeste, a 460km ao leste de Cabo Hatteras, na Carolina do Norte, e cerca de 615km ao sudoeste de Nova York.

O Centro Nacional de Furacões assinalou nesta segunda-feira que o centro da tempestade pode mudar de rumo, seguindo em direção ao nordeste, onde tomará mais força sobre o oceano antes de ‘girar rumo ao oeste-noroeste nesta noite’.

Se ‘Sandy’ não mudar de rota, deve atingir as cidades de Nova York, Long Island e o norte de New Jersey nas próximas 24 horas.

Os meteorologistas assinalaram que ‘Sandy’ é uma tempestade extraordinária cujos ventos com força de tempestade tropical chegam a 830 quilômetros no centro do furacão, e seu impacto poderia ser sentido em cidades distantes do litoral.

Segundo o NHC, a combinação de ‘uma perigosa ressaca ciclônica com as marés causará inundações’ em áreas próximas ao litoral.

Os meteorologistas também advertem sobre a possibilidade de intensas nevascas nas montanhas do oeste da Virgínia e na fronteira com Kentucky, além das montanhas próximas a fronteira com a Carolina do Norte e com o Tennessee e em Maryland, e preveem que o mar fique muito agitado desde a Flórida até a Nova Inglaterra nos próximos dias.

A proximidade da tempestade forçou o fechamento dos órgãos governamentais, das instituições educativas e de boa parte dos serviços de transportes desde o norte da Virgínia até Nova York.

As autoridades de Nova York ordenaram a evacuação de mais de 370 mil pessoas desde Coney Island, no Brooklyn, a Battery Park City, em Manhattan.

A ONU, as universidades, algumas das principais entidades financeiras e até os teatros da Broadway e os museus anunciaram que estarão fechados nesta segunda e, possivelmente, também na terça-feira.

A Bolsa de Nova York, situada muito perto da zona evacuada de Manhattan, não abrirá as portas para operações físicas, mas estará aberta para operações eletrônicas, que representam 80% do total.

Alguns aeroportos também suspenderam a maioria de seus voos, são eles: Aeroporto Internacional de Dulles, o Aeroporto Nacional de Washington D.C (Ronald Reagan) e o Aeroporto Internacional de Baltimore. A empresa ferroviária Amtrak interrompeu seus serviços de Washington a Boston.

Nove estados, da Carolina do Norte a Massachusetts, declararam estado de emergência a fim de iniciar os procedimentos necessários perante a tempestade e pediram aos residentes que acumulem água e alimentos.

As autoridades recomendaram que a população das regiões em questão esteja preparada para cortes de energia e inundações. EFE

Anúncios
Nota

05/09/2012 11h59 – Atualizado em 05/09/2012 12h44

Forte terremoto atinge a Costa Rica e gera alerta de tsunami

Tremor teve magnitude 7,6, segundo agência americana.
Alerta vale para a costa pacífica da América Central e para o Chile.

 

Do G1, com agências internacionais

 
4 comentários
mapa terremoto costa rica (Foto: Arte/G1)

Um forte terremoto de magnitude 7,6 atingiu aCosta Rica nesta quarta-feira (5), segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), gerando um alerta de tsunami.

O tremor ocorreu às 8h42 locais (11h42 de Brasília), na península de Nicoya, a três quilômetros de Samara, na província turística de Guanacaste, na costa pacífica do pequeno país da América Central.

O abalo foi a uma profundidade de 40 quilômetros, a 150 quilômetros da capital, San José.

Inicialmente, o USGS havia indicado que o tremor deve magnitude 7,9, mas depois o valor foi revisto para baixo.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, também dos EUA, emitiu um alerta válido para a região do Caribe, mas depois o reduziu para a costa do Pacífico, valendo para Costa Rica, Panamá e Nicarágua.

“Terremotos deste tamanho têm o potencial de gerar um grande e destrutivo tsunami que pode afetar a linha costeira em toda a região do Caribe”, disse o instituto.

Paralelamente, a Marinha do Chile também emitiu um alerta de tsunami para a costa do país.

“Existe alta probabilidade de que o terremoto provoque um tsunami”, disse o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile em seu site.

Em algumas áreas de San José, a capital, houve cortes de energia e prédios tremeram, segundo testemunhas. Também houve cortes de energia em outras regiões do país.

O tremor também foi sentido em Manágua, capital da vizinha Nicaragua.

Ainda não há informação sobre vítimas ou danos.

05/09/2012 11h5…

Nota

Desejo  a  todos   os   meus   filhos   um  ótimo  final  de   semana….

abraços  ….

Desejo  a  to…